Saúde

Visitas aos pacientes internados estão suspensas no Hospital de Caridade de Carazinho

Janeiro 13 / 2022

Diante do aumento no número de casos confirmados de COVID-19 nos últimos dias, e do cenário epidemiológico nacional, a Direção do Hospital de Caridade de Carazinho a fim de proteger e minimizar os riscos à saúde dos pacientes, familiares e das equipes de trabalho, reitera que todas as ações adotadas desde o início da pandemia, continuam vigorando, tais como:

A. Em relação às visitas:

- As visitas aos pacientes internados estão suspensas.   

- Está permitido apenas um acompanhante por paciente internado, sendo autorizado o revezamento uma vez por turno. 

- Recomenda-se que as famílias se organizem e criem uma rede de informações para compartilhar as notícias sobre o familiar internado, visando à diminuição do fluxo de pessoas no Hospital. 

B. Em relação à Maternidade:

- Está restringido o acesso aos recém-nascidos.

- Cada parturiente tem direito a um acompanhante, em regime de revezamento, uma vez por turno.    

- Recomenda-se que as famílias se organizem e criem uma rede de informações, visando à diminuição do fluxo de pessoas no Hospital. Que possam trocar notícias e fotos do bebê e da mãe, indo visitá-los no domicílio, após a alta. 

C. Em relação à UTI:   

- Em cada horário de visita, o acesso está limitado a um visitante por paciente. 

- Recomenda-se que as famílias se organizem e criem uma rede de informações para compartilhar as notícias sobre o familiar internado, visando à diminuição do fluxo de pessoas no Hospital. 

D. Em relação à Emergência:       

- O acesso à Emergência está restringido ao paciente.

- Quando indispensável, está liberada a entrada de apenas um acompanhante, por paciente.

De modo geral, recomenda-se que:       

- As pessoas somente venham ao hospital em casos de extrema necessidade.

- Em situações não graves, de qualquer causa, que as pessoas busquem atendimento nas unidades de saúde, na UPA ou na rede privada, conforme cada caso. Desse modo, evitando a sobrecarga do serviço de Emergência e a sua própria exposição a risco de contaminação.

- No caso de apresentar sintomas gripais, adote medidas de isolamento social, utilize máscaras quando entrar em contato com outras pessoas e mantenha sua casa arejada e com circulação de ar. Busque atendimento, conforme a gravidade do caso, no serviço mais adequado.



(Fonte: Ascom/HCC)



Publicado por: Emilio Arruda E-mail: emilio@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais