Região

Feisa 2022 é apresentada oficialmente

Novembro 25 / 2021

Uma das maiores feiras multissetoriais da região, a 21ª Feisa teve o seu pré-lançamento na terça-feira, dia 23, no auditório da Sicredi. Durante o evento, que reuniu autoridades, empresários, lideranças e imprensa, foram apresentadas as novidades e atrações da próxima edição que está programada para acontecer de 20 a 24 de abril de 2022, no Parque de Exposições Pedro de Marco, em Sarandi.

Tendo como slogan ?Conectando histórias, abraçando oportunidades?, a Feisa 2022 terá a missão de alavancar o desenvolvimento econômico e social do município e região, através do comércio, indústria, serviços, agricultura familiar, agronegócio, turismo, cultura e arte. Promovida pela Associação Comercial Industrial Serviços e Agronegócios de Sarandi (Acisar) com o apoio do Poder Público Municipal, Legislativo e iniciativa privada, a feira terá como diferencial a volta da realização de shows nacionais, espetáculos musicais, eventos culturais e artísticos, buscando oferecer entretenimento para todos os públicos. Outra novidade é a entrada gratuita para visitação nos pavilhões da feira, democratizando o acesso e indo ao encontro da proposta de se realizar a maior Feisa de todos os tempos.

Durante o ato de lançamento, foi lembrado o potencial da Feisa para aumentar a visibilidade das empresas locais para alcançar novos mercados, parceiros e clientes. A feira é a maior vitrine das potencialidades de Sarandi e região e a cada edição se fortalece e se consolida como um celeiro de bons negócios, conforme destacou o presidente da comissão organizadora da Feira, Antônio Márcio Tonetti: ?Há muitos anos a Feisa fomenta a economia do município e comprova o quão empreendedores são os sarandienses, que com destemor e ânimo elegeram Sarandi como berço para suas indústrias. Certamente superação repousa na edição vindoura da Feisa 2022, por transpor não só os desafios epidemiológicos como também os econômicos que exigiram garra, coragem e resiliência de cada um que resistiu e isso nos motiva a fazer o melhor, inovar e abraçar a feira como a maior de todas?.

Recordando a trajetória da feira, o prefeito de Sarandi, Nilton Debastiani, ressaltou o impacto positivo que a feira tem na economia local. ?Nós somos por tradição uma comunidade empreendedora, na qual florescem os negócios, o comércio, a indústria, os serviços e o agro.  Empresas dos mais variados segmentos têm suas bases calcadas no nosso chão e hoje nossa economia bate a marca de R$ 920 milhões em PIB, colocando-nos seguramente como a capital econômica da região da produção. A Feisa 2022 tem a missão de promover o desenvolvimento do nosso município na retomada da economia pós-pandemia e o Poder Público é parceiro nesta jornada?, afirmou.

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Wilmar José de Azeredo, também destacou o papel da feira na geração de empregos e renda para o município. ?Quando andamos lado a lado todos crescem e a Feisa 2022 se propõe a ser uma união de esforços pelo bem de toda a comunidade. Cada um de nós tem feito o seu melhor visando o futuro de Sarandi e a Acisar tem liderado essa caminhada do empresariado rumo a um futuro de crescimento e desenvolvimento?, enfatizou, declarando o apoio do Legislativo Municipal para a realização da feira.

A presidente da Acisar, Claudia Elisa Ferronato Pasqualli, destacou que a Feisa é uma união de esforços entre Poder Público, Executivo e Legislativo e o setor privado representado pelos voluntários da Acisar e os empresários patrocinadores, fornecedores e expositores. ?2022 nos aponta com excelentes expectativas e um cenário de grandes negócios que vai fomentar a economia e fortalecer os negócios para todos os setores da economia local?, disse.

Realizada a cada dois anos desde 1993, a Feisa ficou conhecida como a Feira da Indústria de Sarandi e reúne empresas do setor têxtil, moveleiro, metalomecânico, serviços, alimentação, veículos, agronegócios e agricultura familiar.




Publicado por: Emilio Arruda E-mail: emilio@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais