Saúde

Estado distribui vacinas Pfizer e Coronavac nesta quarta-feira

Setembro 15 / 2021

A Secretaria da Saúde (SES) distribuirá nesta quarta-feira (15/9) 390 mil doses de vacina contra a covid-19 às 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs). Destas, são 296 mil Pfizer destinadas a adolescentes de 17 anos, para dose de reforço de idosos maiores de 70 anos e imunossuprimidos, e para os municípios que ainda não atingiram a faixa-etária de 18 anos da população em geral. As 94 mil restantes são Coronavac destinadas à segunda aplicação para quem precisa completar o esquema vacinal.

A logística será realizada por via terrestre, a partir das 11h. As CRSs 1ª (Porto Alegre), 5ª (Caxias do Sul), 18ª (Osório) e a Secretaria Municipal de Saúde do Porto Alegre farão a retirada de suas cargas diretamente na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre. A 10ª CRS (Alegrete) irá retirar as doses do seu território na Ceadi excepcionalmente às 8h30.

As demais Coordenadorias receberão as cargas por veículos da SES nos seguintes municípios: Lajeado (doses da 16ª CRS); Tio Hugo (doses das 2ª, 6ª, 11ª e 15ª CRSs); Cruz Alta (doses das 9ª, 12ª, 14ª e 17ª CRSs); Pelotas (doses das 3ª e 7ª CRSs); e Santa Maria (doses da 4ª CRS). A 8ª e a 13ª Coordenadorias receberão suas cargas pelo caminhão da Ceadi, também com previsão de saída de Porto Alegre na quarta-feira (15/9) pela manhã.

Adolescentes

Serão distribuídas vacinas para cerca de 50% da população de 17 anos em todo o Estado, ou seja, cerca de 76 mil doses. ?Distribuiremos doses de vacinas para uma parte dos adolescentes de 17 anos saudáveis, mas lembramos que o grupo dos idosos e dos imunossuprimidos são os mais vulneráveis para as complicações da doença. Não podemos abrir a vacinação para os adolescentes e não focar em reforçar a imunidade desses dois grupos. É preciso que a vacinação dos adolescentes e dos mais vulneráveis seja simultânea?, disse a secretária adjunta da Saúde, Ana Costa.

Idosos

Cerca de 75 mil doses serão distribuídas para a dose de reforço de idosos de 70 anos ou mais. Para o idoso estar apto para receber a dose de reforço, é preciso que ele esteja com o esquema vacinal completo (recebido a segunda dose ou dose única) há, no mínimo, seis meses.

Imunossuprimidos

Para as pessoas com neoplasias, doenças renais crônicas, transplantados e com outras doenças crônicas que baixam a imunidade, a quantidade a ser distribuída será de aproximadamente 50 mil doses. Quem está apto a receber a dose de reforço são aqueles que terminaram o esquema vacinal (receberam a segunda dose ou dose única) em, no mínimo, 28 dias.

Doses que Carazinho irá receber

420 CoronaVac

2070 Pfizer




(Foto: Palácio Piratini/ Gustavo Mansur)








Publicado por: Emilio Arruda E-mail: emilio@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais