Polícia

Segurança Pública: Operação Forças Integradas começa em Carazinho

Julho 16 / 2021

Com o objetivo manter o decréscimo observado nos indicadores criminais ao longo dos últimos dois anos, sobretudo os crimes violentos letais intencionais (homicídios, latrocínios e feminicídios), a Brigada Militar e a Polícia Civil deflagraram no estado do Rio Grande do Sul, com apoio da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros Militar, a Operação Forças Integradas.

Para a cidade de Carazinho a ação teve planejamento de ações nesta sexta-feira (16) com representantes desses segmentos na sede da polícia civil, na avenida Flores da Cunha.

O Major Juliano Moura, à frente do 38 BPM, conversou com a Rádio Gazeta AM destacando a importância dessas operações específicas e todos os envolvidos em prol da segurança da população. Lembrou do lançamento da ação no estado em 14 deste mês de julho, e do objetivo comum que é, até o final do mês, combate mais intensificado a crimes violentos, letais e intencionais, principalmente homicídios, e, na região, o combate ao furto de veículos.  

Conforme o Delegado de Polícia Regional, Edson Tadeu Cezimbra, nesse período Carazinho e região vão receber apoio maior do que as forças de segurança já fazem, e nesta tarde já serão traçadas quais serão essas ações. ''Da parte da polícia  civil estamos fazendo todo o possível para diminuir a criminalidade'', salientou ele, além de reconhecer a importância da integração das equipes. 

(Foto: Grupo Gazeta / Michel Dias).