Agricultura

Cotrijal orientada na proteção e utilização de dados pessoais

Maio 14 / 2021

A confiança do associado em sua cooperativa vai além da produção, ele sabe que é papel da Cotrijal agir de forma responsável em diversos ramos, sempre com o foco na qualidade de serviços e até mesmo proporcionando qualidade de vida para o seu produtor/cooperado.


Esta  realidade também está relacionada com a proteção dos dados pessoais dos associados com a sua cooperativa, fato que não é novidade, mas que ganhou uma atenção diferente nos últimos meses, principalmente com a Lei Geral de Proteção de Dados. Em vigor desde setembro de 2020, a lei está mudando as rotinas e processos nas empresas e cooperativas brasileiras. ''Com a lei, buscamos melhoria nos processos e seguimos com o trabalho, no sentido de levar cada vez mais segurança em nossos negócios, para que o produtor também possa entender a forma como a cooperativa desenvolve ações seguindo as diretrizes estabelecidas pela lei'', explica o superintendente Adminsitrativo-financeiro, Marcelo Ivan Schwalbert. 

Conforme o advogado e encarregado da proteção de dados pessoais da Cotrijal, Rodrigo Perin Raber, para a adequação a LGPD a cooperativa está investindo em tecnologia e aprimorando seus controles em segurança da informação, além de formalizar suas diretrizes em políticas internas e externas. ''Com essa nova Lei, as pessoas passam a ter direito a ter informações claras sobre o uso dos seus dados pessoais, algo que já é inerente à nossa relação com cooperados, produtores, associados, clientes e colaboradores. Na Cotrijal dados pessoais são utilizados para as finalidades informadas e legalmente autorizadas'', explica Raber.

Outro detalhe está no mapeamento das atividades, que permite entender onde estão concentrados dados pessoais de associados, clientes, terceiros e colaboradores, qual a necessidade de sua coleta e a finalidade de uso. ''Além disso, estamos formalizando junto aos nossos stakeholders regras de uso de dados pessoais. O que também acontece em todos os nossos novos projetos e atividades, o que reforça nossa conformidade, transparência e segurança'', detalha.


A lei:

A LGPD, como é conhecida, regra o tratamento e a proteção de dados pessoais no Brasil visando à garantia de direitos fundamentais de todas as pessoas, em especial o da privacidade.


Os dados:

Dados pessoais são todas as informações que identifiquem ou tornem identificáveis pessoas físicas, e abrange todas as ações que realizamos com eles, isto é, a coleta, armazenamento, compartilhamento e até a eliminação de dados.


Adequação:

A Cotrijal nomeou um Comitê Interno de Privacidade e Proteção de Dados, com uma equipe multidisciplinar, que vem trabalhando junto a todos os setores da cooperariva para adequar todas as rotinas ao que exige a LGPD. 

Para o produtor, seja ele associado ou não da Cotrijal, foi desenvolvida a Política de Privacidade do Produtor. Esta política já está disponível em todas as unidades de negócios da cooperativa. O objetivo é que o associado saiba como são tratados os seus dados pessoais e assine um termo de ciência que tem vinculação à política, para que assim ele também possa contribuir na relação de transparência e responsabilidade com a cooperativa.


(Fonte: Ascom Cotrijal).


Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais