Política

CPI ouve representantes do Executivo Municipal de Carazinho

Maio 13 / 2021

A CPI instalada na Câmara de Vereadores de Carazinho para apurar denúncias envolvendo a suposta ocupação irregular de instalações e equipamentos da Secretaria Municipal de Obras ouviu representantes do Executivo Municipal.

Já foram inquiridos o diretor de execução de obras Luiz Fernando Cavalheiro, o vereador licenciado e atual secretário de Obras e Serviços Urbanos Estevão de Loreno, Jorge Dutra, que na oportunidade era secretário Geral de Governo, e o prefeito Milton Schmitz. Ainda falta ouvir o ex-diretor do Departamento Municipal de Habitação e atual vereador Vanderlei Eugênio Lopes, que estava afastado realizando tratamento para coronavírus.

A ideia da CPI é apurar a participação ou a conivência de agentes públicos e funcionários públicos no cometimento de crimes contra a administração pública. Além da ocupação, ainda há denúncias de utilização de materiais da administração municipal para a construção de moradias e a ligação e utilização irregular de energia elétrica e fornecimento de água.

Diversos documentos já foram solicitados pelos membros da CPI e estão sendo analisados. Depois, será emitido um relatório com o levantamento obtido durante a investigação e este deverá ser apreciado pelos demais vereadores em plenário. 

De acordo com o vereador Márcio Hoppen, presidente da CPI, será solicitada ainda nesta semana a prorrogação do prazo por mais 60 dias para que as investigações sejam encerradas, porém, acredita-se que a conclusão dos trabalhos deva acontecer na metade deste tempo. A última oitiva programada deve acontecer já na próxima segunda-feira (17) ao final da tarde.


A CPI

A comissão foi instituída pela Resolução 352/2021, de 16 de março, após os vereadores Adriano Strack, Alécio Sella, Bruno Berté, Valdoir de Lima e Fábio Zanetti solicitarem uma investigação por meio de requerimento e o projeto ter sido aprovado por unanimidade em sessão plenária. Integram a comissão o vereador Márcio Hoppen (presidente da CPI), Alcindo Martins de Quadros (relator) e Bruno Berté (secretário).

 

(Fonte: Ascom Câmara de Vereadores).

Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais