Agricultura

Cotrijal: Planejamento para plantar bons resultados no inverno

Maio 10 / 2021

Colher mais, com custos compatíveis, é o que todo produtor deseja. Para alcançar essa meta, o passo inicial é o conhecimento pleno da realidade da lavoura e o adequado planejamento de tudo o que envolve o processo de produção.


Com a colheita de milho e soja praticamente encerrada, muitos produtores já iniciaram os manejos nas suas lavouras para garantir bons resultados nas próximas safras, tanto no inverno quanto no verão. Correção dos níveis de acidez e fertilidade, controle de plantas invasoras, plantio de plantas de cobertura? Há muito trabalho pela frente. E para escolhas mais assertivas, é importante o adequado planejamento do sistema de produção.

''Um lembrete é sempre importante. A semeadura da próxima safra de inverno ou das plantas de coberturas deve acontecer no limpo, ou seja, sem a presença de plantas invasoras. Atenção também para a soja voluntária, buva e demais ervas daninhas'', comenta Alexandre Nowicki, coordenador técnico da Difusão da Cotrijal. 

É comum na área de ação da Cotrijal a instalação do consórcio de plantas de coberturas imediatamente após a colheita de verão (milho e soja). Conforme o Departamento Técnico, isso mostra organização, bons manejos de controle de plantas invasoras e preocupação com a proteção do solo. A opção de plantas é grande e pode variar dependendo da região, mas o correto é sempre consultar o profissional técnico para ajudar no planejamento do que é o ideal ir para a lavoura, dentro da realidade de cada propriedade. 

''As plantas de coberturas podem ser semeadas separadas ou em consórcio. O importante é que o solo receba essa cobertura, forme essa palhada e garanta uma continuidade do sistema. O milheto, que entra após a colheita do milho, é uma das opções e prepara a área para receber uma cultura de inverno'', explica Nowicki. 

Outra opção é o nabo, não indicado para regiões com a presença de mofo branco, mas com características de raízes grandes, capazes de descompactar a terra. ''Entender as características da sua propriedade e também o projeto para inverno/verão é o ideal para a melhor escolha'', complementa o coordenador técnico. 


Opção de plantas de coberturas: 

Milheto

Nabo forrageiro

Ervilhaca

Centeio

Aveias

Consórcio de plantas


Detec lembra: Um bom manejo para o controle de plantas invasoras também está relacionado com a adesão ao consórcio de plantas de coberturas. A cobertura de solo (palhada) inibe o desenvolvimento das plantas invasoras, além de otimizar a aplicação de herbicidas no período de dessecação da área (pós-colheita). 


(Fonte: Assessoria de Imprensa Cotrijal).


Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais