Política

PDT de Carazinho encaminha nota ao Legislativo em apoio a parlamentar

Maio 04 / 2021

O presidente do PDT de Carazinho, Paulo Roberto Barboza, o vice, Leodi Altmann, e os membros do partido Anderson Amaral, Helio Rocha e Gabriel da Rocha, compareceram para assistir a sessão ordinária semanal da câmara de vereadores nesta segunda-feira (03) em apoio ao vereador do partido, Bruno Berté, referente a declarações de seus pares proferidas na sessão anterior, de 26 de abril. 

Também encaminharam Nota de Apoio à presidência da câmara, assinada pelo presidente Paulo Roberto Barboza que foi lida no início da sessão, e cujo conteúdo foi encaminhado para a Rádio Gazeta e é reproduzido aqui (caso não esteja legível na postagem ao final dessa publicação):

       ''Nota de apoio ao Vereador Bruno Berté

        Repúdio a discriminação

Diante das recentes agressões sofridas pelo Vereador Bruno Berté durante sua atuação como integrante do Poder Legislativo Municipal, que transcenderam a esfera política e adentraram no campo pessoal, o PDT, através de seu Presidente e filiados, vem manifestar o apoio ao Vereador que, com base no Regimento Interno da Câmara de Vereadores de Carazinho, ingressou com Mandado de Segurança junto ao Foro da Comarca de Carazinho, pleiteando  a realização de novas eleições para o cargo de presidente da respectiva casa legislativa, tendo em vista a licença  do então atual presidente eleito, Vereador Tenente Costa, que foi nomeado no cargo de Secretário Municipal Geral do Governo  e a alçada direta da Vice Presidente Janete Ross, como sua substituta.

O Vereador Bruno Berté, apesar de defender estrita e tão somente a legalidade, independentemente da pessoa ocupante do cargo questionado, sofreu pesadas críticas, sendo acusado, injustamente, por alguns de seus pares, de machismo e sexismo.

O PDT preza pelo cumprimento das Leis e não compactua com qualquer ação que se oponha à legalidade, além do mais, trata-se de um dever legal imposto ao Parlamentar, que ele ao menos cumpra as leis constantes do seu Regimento Interno: Art. 8º - É dever do Vereador, inciso V - obedecer às normas regimentais.

A elaboração de leis para aplicação no Município é uma das funções legislativas, neste sentido, surge o questionamento, como cidadãos, com relação a atuação parlamentar que não respeita ou não interpreta seu próprio Regimento Interno.

Além disso, é legítima a indagação do Vereador Bruno Berté, sobre quem ocupará a função de Vice Presidente da Casa Legislativa? Teremos eleições para escolha do Vice Presidente? 

Ao PDT, e, sem sombra de dúvidas, também ao vereador Bruno, a luta pela igualdade de gênero e o combate a qualquer espécie de discriminação, sempre foram e continuarão sendo, uma de suas bandeiras mais caras, de modo que expressamos nosso repúdio ao uso irresponsável e despropositado de temas tão sensíveis.  O P.D.T. de Carazinho se mostra atento a todos os impropérios e acusações lançadas contra a atuação parlamentar e contra a pessoa do representante trabalhista no Legislativo Municipal, exigindo que os que proferiram acusações levianas contra o mesmo, se retratem e se abstenham desta prática, pois a imunidade parlamentar tem limites, não se podendo invadir a honra de quem quer que seja.

Carazinho, 30 de abril de 2021.

Paulo Roberto Barboza- Presidente do Diretório Municipal do PDT e demais filiados''













Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais