Saúde

Bruno Covas sai da intubação, mas segue em UTI após hemorragia

Maio 04 / 2021


O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi extubado na tarde desta segunda-feira depois de ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, para onde foi encaminhado após exames detectarem uma hemorragia na cárdia. Covas enfrenta desde outubro de 2019 um câncer metastático que atinge órgãos do sistema digestivo e, no mês passado, chegou aos ossos.

Ele decidiu, neste domingo, se afastar da Prefeitura pelo período de um mês para se dedicar ao tratamento. Covas foi internado em seguida, após conversar com os médicos e relatar fraqueza, além de dor. O vice-prefeito, Ricardo Nunes, já assumiu o cargo de forma interina. “Covas confia em mim”, disse nesta segunda ao jornal O Estado de S.Paulo.

Em função da nova complicação no quadro do prefeito, não é possível prever quando o tucano deve deixar a UTI ou mesmo retomar o tratamento contra o câncer, que teve de ser postergado. O prefeito tinha a internação programada para esta segunda para dar continuidade ao tratamento. O procedimento combina quimioterapia e imunoterapia.



Agência Brasil




Publicado por: Tiago Borges E-mail: jornalismo@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais