Coluna Circulando e a política atual.

Vitrine.

Ana Maria Leal
Novembro 30/ 2021

Bastou o anúncio de que o Partido Liberal (PL) havia sido escolhido para a filiação do presidente Jair Bolsonaro para que também em Carazinho a sigla passasse a gerar interesse.

Claudia Coleraus é a presidente do PL na cidade, desde julho deste ano.

Antes, ela já fazia parte da executiva, quando o partido contava também com a presença de Paulino de Moura, o Papai Noel, político que faleceu em abril deste ano vítima da Covid 19.

Conversando com Claudia nesta terça-feira (30) confirmou que o dia foi de atender pessoas querendo saber sobre a situação do PL em Carazinho, bem como os passos para futuras filiações.

Não falou quais seriam essas pessoas.

Sabe-se, porém, que o PL está se articulando para também nos estados repetir a aliança que está construindo no Brasil e vai buscar a reeleição do presidente no ano que vem, e é com o PP e Republicanos.

Negociações nos estados que começam agora.

Quanto ao Rio Grande do Sul, já foi anunciada a filiação do ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, que pretende disputar o Palácio Piratini em 2022.

Onyx já havia, ainda quando estava no DEM, revelado a vontade de ser candidato ao governo do estado.

O deputado federal e presidente do PL no Rio Grande do Sul, Giovani Cherini, não fez as contas quanto a Assembleia Legislativa do estado, mas na câmara federal a estimativa é de que dos atuais 43 representantes a sigla passe a somar uns 65 parlamentares.









Compartilhe esta coluna em suas redes sociais