Coluna Circulando e a política atual.

Extraordinária.

Ana Maria Leal
Abril 14/ 2021

Em razão da sessão extraordinária desta quinta-feira (15) às 18h15min, vai atrasar a mudança na câmara e prefeitura previstas pelo MDB.

O vereador Tenente Costa, que iria assumir como secretário Geral de Governo nesta quarta (14) permanece mais uns dias como presidente da câmara para conduzir a extraordinária, e assume na prefeitura na segunda, dia 19.

Quando conversei com ele disse que foi uma decisão tomada em razão de que o veto do prefeito a um projeto do legislativo será analisado e votado. Ou seja, é uma agenda diferenciada e da qual ele já está a par.

Além do veto, estará em pauta projeto que tramita em regime de urgência para destinar R$ 2.708.000,00  repassados pelo governo federal para a saúde pública, e utilização para pagamento de serviços, leitos no HCC, tendas Covid e demais serviços relacionados à Covid-19, bem como o reforço financeiro para a realização de mutirão de consultas e procedimentos.

Conforme Costa, se não for votado, o valor volta para o caixa da União.

Já na semana seguinte a câmara será presidida pela vereadora Janete Ross de Oliveira (PSB), e receberá o emedebista Deninson da Costa, na vaga de Tenente Costa.

Deninson deve levar para seu assessor no gabinete do legislativo o jornalista Sergio Cornélio, que até então estava lotado no gabinete do prefeito.

Costa me informou que o trato com o prefeito Milton para ser secretário é de ficar por seis meses, com tranquilidade a ambas as partes de antecipar ou ampliar esse período conforme o decorrer do tempo previsto.

A secretaria Geral de Governo tem sob sua tutela o gabinete do prefeito, assessoria de imprensa, departamento de esportes, departamento de habitação e defesa civil.





Compartilhe esta coluna em suas redes sociais