Política

Vereador chama escolta da BM para deixar câmara de Carazinho na sessão desta segunda (22)

Novembro 22 / 2021

Sete projetos estavam na pauta da sessão semanal desta segunda-feira (22), realizada após a sessão solene. Seis foram votados e aprovados, e um teve pedido de vistas, o que significa que volta à pauta na próxima semana.

Confira:

- PL nº 079/2021, que contrata emergencialmente um psicólogo para trabalhar na Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social. Trata-se de uma substituição temporária devido à licença gestante. O profissional será contratado via banca de concurso vigente, priorizando por ordem de classificação e a disponibilidade para assumir o cargo de forma emergencial pelo prazo de seis meses, prorrogáveis para mais seis. Aprovado por todos.

- PL nº 082/2021, que autoriza a abertura de crédito especial no valor de R$ 11 mil no Orçamento de 2021 para a contratação emergencial do psicólogo citado acima para trabalhar na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Aprovado por todos.

- PL nº 083/2021, de autoria do Executivo Municipal, que autoriza abertura de Crédito suplementar no Orçamento de 2021 no valor de R$ 1,07 milhão para reforço na Secretaria Municipal de Obras para pavimentação urbana. Aprovado por todos.

- PLL nº 078/2021, de autoria da vereadora Janete Ross de Oliveira, que institui o "Dia Municipal Rotary Club" no Município de Carazinho e dá outras providências. Aprovado por todos.

- PLL nº 076/2021, de autoria do vereador Alcindo de Quadros, que institui a Semana Municipal de Prevenção ao Acidente Vascular Cerebral - AVC e dá outras providências. Aprovado por todos.

- PLL nº 060/2021, de autoria do vereador Bruno Berté, que dispõe sobre a obrigatoriedade do Poder Executivo de dar publicidade anualmente à aplicação das emendas parlamentares recebidas pelo Município de Carazinho e dá outras providências. Aprovado por todos.

Apenas um projeto da pauta não foi votado:  PLC nº 006/2021, que altera a Lei Complementar nº 110/2006. Concede isenção da taxa de coleta de lixo para os proprietários de depósitos, que são unidades que possuem matrículas autônomas no registro imobiliário, normalmente localizadas em condomínios verticais e utilizados para armazenamento de produtos, não sendo um espaço com potencial geração de resíduos. O projeto teve pedido de vistas do vereador Márcio Guarapa.

Apenas um vereador não compareceu nesta noite, Alécio Sella (PP), e o suplente não foi convocado.

 

Escolta policial

O vereador Vanderlei Lopes (MDB) acionou a brigada militar após ter, no plenário, chamado a atenção do colega Adriel Machado (PSDB) na sessão desta noite. Saiba mais aqui na coluna Circulando.  



(Fotos: Grupo Gazeta).





Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais