Polícia

Justiça volta a negar soltura da mãe do menino Rafael

Setembro 25 / 2021


A juíza de Planalto, Marilene Parizotto Campagna, rejeitou mais um pedido de soltura de Alexandra Dougokenski, acusada de matar o filho, Rafael Winques, de 11 anos, em maio do ano passado, no município do Norte gaúcho.

Na decisão, ela salienta que “permanecem íntegros os fundamentos expostos anteriormente” e reitera a decisão em que manteve Alexandra presa. A acusada cumpre prisão preventiva desde 13 de julho do ano passado na Penitenciária Estadual Feminina de Guaíba.

A defesa sustentou a inexistência de motivos e fundamentos para manutenção da reclusão alegando que Alexandra não oferece risco à sociedade e que o estado de saúde dela vem se agravando. Também argumentou que a aplicação de medidas cautelares alternativas à prisão pode permitir que a ré volte a conviver com o outro filho.

A juíza já havia negado a soltura de Alexandra no dia 13, quando decidiu pelo adiamento do júri para o dia 21 de março do ano que vem.


Guaiba



Publicado por: Tiago Borges E-mail: jornalismo@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais