Estradas

Homem morre em acidente na rodovia ERS-129 em Serafina Corrêa

Janeiro 09 / 2021

A rodovia ERS-129, trecho sinuoso entre os municípios de Guaporé e Casca, registrou na manhã deste sábado, 09, mais um grave acidente de trânsito. Por volta das 7 horas, a colisão frontal entre um automóvel e um caminhão resultou na morte de um homem, de 26 anos, e deixou mais uma pessoa ferida, em Serafina Corrêa. As informações são da Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM.

Conforme os policiais do Pelotão Rodoviário Estadual (PRE) de Casca, o acidente aconteceu na altura do KM 142,5, no trevo de acesso aos bairro Salete e Gramadinho. O caminhão Mercedes Benz L-1318, emplacado em Lajeado e com dois tripulantes, transitava no sentido Guaporé/Serafina Corrêa, quando houve a colisão frontal em um automóvel Golf, emplacado em Guaporé. No carro, apenas o condutor. O trecho é de reta e faixa contínua, impossibilitando a ultrapassagem de ambos os lados. Não há informações de como o impacto dos veículos aconteceu. 

Voluntários do Serviço Civil Auxiliar de Bombeiros (SCAB) de Serafina Corrêa foram os primeiros a chegar e socorreram o passageiro do caminhão que apresentava ferimentos leves. Ele foi levado ao Hospital Nossa Senhora do Rosário. O caminhoneiro não se feriu. O motorista do Golf, ainda não identificado, ficou preso nas ferragens e morreu no local.

O impacto foi tão violento que o caminhão, carregado de bebidas, tombou. Antes, colidiu no barranco ao lado da pista de rolamento. O automóvel ficou há cerca de 20 metros do veículo pesado. O motor foi arrancado e ficou na canaleta do escoamento de água. O Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) de Guaporé foi deslocado para prestar atendimento.

Policiais rodoviários estão realizando o levantamento para apurar as causas do acidente e posteriormente o registro da ocorrência será efetuado na Delegacia de Polícia Civil (DP) de Marau. Peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP), de Passo Fundo, foram acionados para realizar as análises, levantamento fotográfico e apurar as possíveis causas da tragédia na ERS-129.

A trafegabilidade no trecho está completamente interrompida. Bombeiros civis colaboram para que não haja prejuízos para quem se desloca na rodovia. Um desvio, lateral a via, está sinalizado. Na área, mesmo isolada, verifica-se uma grande quantidade de populares (curiosos) com aparelhos de telefone celular para, infelizmente, registrar a tragédia.

(Fonte: Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM).



Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais