Polícia

Homem que confessou o assassinato de idosa em latrocínio é encontrado morto em cela do PECAR

Novembro 18 / 2020

O homem que confessou o assassinato de Nelcy Marina Brizolla Machado, 83 anos, conhecida como Baixinha, moradora da sua Silva Jardim esquina com a Helena Loeff, no centro de Carazinho, foi encontrado morto na cela em que estava no Presidio Estadual de Carazinho no final da tarde desta quarta-feira (18).

Segundo informações da assessoria de imprensa da SUSEPE, o homem identificado como Marcelo Shalemberg, de 28 anos, foi encontrado por volta das 18 horas na cela com pelo menos 30 perfurações de arma branca (faca) pelo corpo. 

Os agentes da SUSEPE foram alertados pelos presos, que acionaram a Delegacia de Polícia Civil, para fazer os levantamentos periciais. 

O trabalho da perícia foi feito e o corpo foi removido pela Funerária Memorial Nelson Karling.

Marcelo foi preso hoje, após confessar o assassinato de Nelcy. Ele contou para a polícia que invadiu a casa da vítima para pedir dinheiro. Como ela negou, o rapaz asfixiou a idosa e depois colocou fogo na residência. O corpo da vítima foi encontrado carbonizado pela manhã.


LEIA MAIS: Em depoimento, acusado de crime bárbaro em Carazinho conta como asfixiou e matou idosa em incêndio




Compartilhe esta notícia em suas redes sociais