Economia

BC baixa taxa básica de juros pela nona vez seguida, para 2% ao ano

Agosto 06 / 2020


O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom/BC) decidiu nesta quarta-feira, por unanimidade, cortar os juros básicos da economia brasileira pela nona vez consecutiva. Com a redução de 0,25 ponto percentual, a Selic vai a 2% ao ano e renova o menor patamar da história.

Apesar de inferior aos cortes anteriores, a decisão do BC sofreu, mais uma vez, influência da pandemia de coronavírus. O objetivo é estimular a economia nacional. O crédito mais barato tende a incentivar a produtividade e impulsionar o consumo das famílias.

"A pandemia da Covid-19 continua provocando a maior retração econômica global desde a Grande Depressão. Nesse contexto, apesar de alguns sinais promissores de retomada da atividade nas principais economias e de alguma moderação na volatilidade dos ativos financeiros, o ambiente para as economias emergentes segue desafiador", analisa o BC na nota divulgada para anunciar o corte.

A redução da Selic em 0,25 ponto percentual já era aguardada pelo mercado financeiro. Segundo os analistas ouvidos semanalmente pelo BC, a taxa básica deve permanecer no patamar atual pelo menos até o final do ano. O Copom, no entanto, não descartou a possibilidade de um novo corte.

No período de nove cortes consecutivos da Selic, iniciado em julho do ano passado, a taxa já desabou 4 pontos percentuais ao ano. Somente em 2020, a taxa básica caiu 2,25 pontos percentuais, de 4,25% para 2%.



Guaiba





Compartilhe esta notícia em suas redes sociais