Geral

Pedido de ajuda para cachorrinha resgatada em Carazinho

Agosto 04 / 2020

No dia 23 de julho a cachorrinha que aparece nessas imagens foi deixada amarrada numa cerca próximo da estação rodoviária em Carazinho com um arame fortemente preso ao seu pescoço. Uma pessoa que trabalha nas imediações viu quando ela foi abandonada por um homem que foi embora, e prestou socorro. Levou água e comida, e a soltou.

Enviou um vídeo para a Rádio Gazeta pedindo ajuda, e ela foi recolhida por protetoras que atuam de forma independente em Carazinho, e levada a um Lar Temporário, obtido com apoio da Tamara, para passar pela castração até que possa ser colocada disponível para adoção. Essas pessoas prestaram contas nesta segunda-feira (03) do que foi feito, dos gastos, do valor obtido como auxílio, mas as contas ainda não foram totalmente pagas.

Nesses 10 dias a cachorrinha, a quem foi dado o nome de Amélia, recebeu doação de ração e sachê e já ganhou peso para passar pela cirurgia de castração, recebeu aplicação de antipulgas, passou por teste de cinomose, e exames. Estes constataram que ela tem um fungo por todo o corpo (aparece circulado na imagem), é contagioso, e está sendo tratado com medicação injetável (um total de 3 ampolas de Microsporum no total de R$ 330). Ela também passou por um ultrassom. A veterinária Janaína Colognese é que está prestando o atendimento.

Toda contribuição é bem vinda. Está sendo avaliado se poderá ser castrada no centro de castrações de Carazinho. Caso não seja possível, em razão do fungo, o orçamento é de R$ 250. Doações podem ser deixadas diretamente na Ina Petshop, localizada na Avenida São Bento, nº 525, em nome de Cleonice ou Patrícia. Basta dizer que é para ajudar na conta da Amélia.

Também podem chamar Cleonice ou Patrícia pelo face que a doação será buscada, e elas poderão dar detalhes a respeito de todas as despesas.



Compartilhe esta notícia em suas redes sociais