Saúde

Hospital de Caridade de Carazinho irá ampliar o número de leitos de UTI Covid-19

Jornalista Gazeta
Julho 13 / 2020

Atentos ao panorama regional da pandemia do novo coronavírus e visando garantir um atendimento de excelência aos casos confirmados ou suspeitos da doença, a direção do Hospital de Caridade de Carazinho esteve reunida, nesta segunda-feira (13), com o prefeito Milton Schmitz e com a secretária de saúde, Anelise Almeida, para deliberar acerca da ampliação do número de leitos de UTI exclusivos Covid-19.

Atualmente, a Unidade Covid-19 do HCC conta com seis leitos de terapia intensiva - habilitados pelo Ministério da Saúde também nesta segunda-feira (13) -, além de 21 leitos clínicos. O objetivo, porém, é ampliar a capacidade para nove leitos de UTI, visando prevenir a superlotação da unidade, diminuindo a possibilidade de transferência dos pacientes carazinhenses para outros municípios, em caso de agravamento da doença.

Durante a reunião, portanto, os gestores avaliaram a possibilidade de criação desses novos leitos, bem como, da aquisição dos três monitores necessários para tal finalidade, uma vez que os respiradores e demais aparelhos o HCC já possui. De acordo com o prefeito Milton, esses equipamentos serão adquiridos pelo executivo municipal, com recursos próprios do município.

Conforme o presidente do HCC, Jocélio Cunha, o objetivo é qualificar, constantemente, a estrutura do hospital, além de aprimorar as condutas, os fluxos e procedimentos, a fim de assegurar que todos os pacientes tenham acesso ao melhor atendimento. ''Para isso, o apoio do executivo municipal é essencial e tem feito total diferença nesse momento de pandemia'', enfatizou.

Após deliberarem sobre o tema, ainda, o grupo visitou o ponto de triagem externa do HCC, que, por iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde, recebeu novas melhorias em sua estrutura, durante o final de semana. Localizado em frente ao setor de Emergência, o espaço é direcionado ao atendimento inicial dos pacientes com sintomas gripais ou respiratórios.


(Fonte: Ascom HCC).





Compartilhe esta notícia em suas redes sociais