Política

Vereadores de Carazinho aprovam investimentos na segurança pública e política de esportes para idosos

Jornalista Gazeta
Junho 01 / 2020

Na sessão desta segunda-feira, dia primeiro de junho, foram aprovados de forma unânime três projetos de lei. O primeiro, o PL nº 017/20, de autoria do Executivo Municipal, que altera a Lei nº 8.342/2018 e autoriza o Executivo a firmar acordo de cooperação com o Estado do Rio Grande do Sul. O objetivo é realizar o asfaltamento de 1.054m2 da área externa do 38° BPM e o custeio da mão de obra da reforma e ampliação do prédio da DPPA de Carazinho. Todos os vereadores lembraram que investir em entidades de segurança do município significa retornar em benefício direto para a população.

O segundo aprovado foi o  PL nº 020/20 de autoria do Executivo Municipal, que autoriza abertura de o Crédito Especial no orçamento de 2020 do Previcarazinho para o pagamento auxílio natalidade de algumas servidoras. Por último, foi aprovado de forma unânime o PLL nº 011/2020, de autoria do vereador Gian Pedroso, que institui no município a Política de Incentivo à Prática de Esportes para Idosos. A ideia é desenvolver ações, programas e atividades voltadas para o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida dos idosos.

 

Atendimento em horário normal

A Câmara Municipal já está funcionando em horário normal de atendimento ao público:  de segunda a quinta-feira, das 8h às 11:45h e das 13h30 às 17h, e na sexta feira das 8 ao meio dia. Porém, o atendimento presencial ao público por parte dos gabinetes e serviços administrativos se mantém sendo individualizado e não poderá ultrapassar o tempo de vinte minutos. Na recepção somente serão permitidas no máximo três pessoas sendo obrigatório o uso de máscara facial e álcool em gel e o respeito a distância social de 1,5 metro, além da observância de outros protocolos emitidos pelas autoridades sanitárias.

As reuniões das comissões e sessões plenárias ordinárias continuam ocorrendo no Plenário, sem assessores, com número reduzido de servidores e sem acesso do público, com exceção de autoridades e imprensa.

 

(Fonte: Ascom Câmara de Vereadores).


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais