Polícia

Homem é morto em provável atropelamento no interior de Carazinho

Jornalista Gazeta
Maio 30 / 2020


A Brigada Militar foi acionada por volta das 7h deste sábado, 29, até a estrada de Xadrez, que liga os municípios de Carazinho e Coqueiros do Sul, onde populares encontraram um corpo caído na via, provavelmente vítima de atropelamento.

Segundo informações, o veículo envolvido no fato não foi encontrado até o momento e a Polícia Civil espera que o mesmo se apresente para dar sua evrsão do fato.

A reportagem do Grupo Gazeta esteve no local, percebendo que não havia marcas de frenagem.

A vítima foi identificada por familiares de Carazinho, sendo como, Orides Couto, 62 anos, que trabalhava em um serraria próximo ao Distrito de Xadrez.

Colegas de trabalho acreditam que ele estava caminhando pela via, rumo ao trabalho, onde costuma ficar em alguns finais de semana.

Orides não portavam documentos, apenas uma sacola com roupas e outros objetos pessoais foram encontrados ao lado do corpo, que apresentava múltiplas fraturas nas pernas.

A Brigada Militar e Polícia Civil atenderam o caso. De acordo com informações, o trabalho pericial do IGP foi realizado apenas no início da tarde.

Conforme o Delegado Jader Duarte em contato com nossa reportagem, foi constatado que o relógio da vítima parou de funcionar exatamente ás 6h36min deste sábado, 30, provável hora do atropelamento, e que seria um veículo de maior altura com o solo.

Imagens de câmeras próximas devem ser analisadas em busca de pistas.








Compartilhe esta notícia em suas redes sociais