Geral

Fepam mantém atendimentos de emergência e fiscalização

Jornalista Gazeta
Março 25 / 2020

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) segue com atendimento normal no setor de emergência, que é demandado em situações de risco com graves impactos ambientais. A fiscalização e o laboratório estão trabalhando por demandas da emergência ou da diretoria da casa, evitando deslocamentos e contatos desnecessários neste período. Esse cenário, relativo ao período de calamidade devido à Covid-19, foi descrito em reunião realizada na terça-feira (24/3) entre a presidente da Fepam, Marjorie Kauffmann, e os chefes de departamentos.

O último atendimento da emergência aconteceu na segunda-feira (24/3) com a retirada de um caminhão carregado com 26 toneladas de gás liquefeito de petróleo, substância inflamável, que tombou na BR-290, em Santo Antônio da Patrulha. Foram realizadas ações de monitoramento até a conclusão do trabalho, que durou 23 horas devido à necessidade de controle e remoção do veículo para minimizar o risco de incêndio ou explosão.

Durante o atendimento, a via ficou parcialmente bloqueada e, no momento da remoção, o trânsito foi interrompido nos dois sentidos por um período de três horas, sendo o fluxo transferido para a RS-030. Não houve vazamento de produto ou dano ambiental. O atendimento contou com o apoio da concessionária, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal.




Compartilhe esta notícia em suas redes sociais