Polícia

Carazinhense é morto a tiros em Balneário Camboriú

Jornalista Gazeta
Fevereiro 15 / 2020

A Polícia Militar de Balneário Camboriú, atendeu na manhã deste sábado (15), por volta das 10h30min, o registro de uma tripulo homicídio em uma lavagem de veículos, foi na localidade de Barra Sul em Balneário Camboriú, no litoral norte catarinense.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender ocorrência com vítimas de disparos de arma de fogo e, quando chegou ao endereço, já encontrou os três homens mortos. As informações foram confirmadas pelo tenente do Corpo de Bombeiros Militar de SC, Douglas Tomaz Machado.

Os criminosos executaram a tiros três pessoas na localidade de Barra Sul, mais tarde foi localizado um Jeep Renegade e camisetas com identificação da Polícia Civil que teria sido usado pelos criminosos.

O material foi deixado na Estrada Geral do Barranco, distante 11 quilômetros do local do crime. Também foram deixados, no local, coturnos e uma balaclava.

A Polícia Militar está em busca dos assassinos na mata próxima à estrada onde o carro foi abandonado. As suspeitas são de que os bandidos tenham se embrenhado no matagal para fugir. A PM também recebeu informações, ainda não confirmadas, de que um dos assassinos teria se jogado no Rio Camboriú.

A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) estiveram no local do crime coletando informações. O delegado responsável pelo caso, Ícaro Malveiro, ainda não se pronunciou sobre a apuração.

O carazinhense Luciano Winkler 36 anos era o proprietário do estabelecimento e morava em Balneário Camboriú há pelos menos 6 anos. A outra vítima foi identificada como Cristiano Diogo de Oliveira, morador de Balneário Camboriú. A outra vítima não teve a sua identidade revelada.

(Fonte:Camboriú Notícias).

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais