Geral

Dona Dorilda, moradora de Carazinho, completa 100 anos

Fevereiro 14 / 2020

Dorilda Machado da Silva está completando neste dia 14 de fevereiro 100 anos de vida. Natural de Não-Me-Toque, nascida em uma família de cinco irmãos que morava no interior, chegou em Carazinho há mais de 50 anos com o marido, Ari Sampaio da Silveira. Ele faleceu em 2001.

Sem filhos, vive cuidada pelos demais familiares, na companhia das plantas e dois gatinhos que adora, batizados de Alemão e Pretinho. Compartilha esse carinho com um papagaio que, para sua tristeza, não fala, como outros que teve ao longo da vida. Esse, só ''pede café''.

Dona Dorilda recebeu a reportagem da Rádio Gazeta para falar sobre a data histórica completada e contou que o segredo para chegar aos 100 anos com saúde é ''Deus quem sabe''.

Afirmou que tem ''a cabeça muito boa'', tanto que atende a maioria ''dos meus negocinhos'', vai ao mercado e faz suas compras, preparando a própria comida, pois prefere fazer as refeições em casa. Sua alimentação inclui muitas verduras ''gosto muito''.

Sempre cuidou da saúde, nunca fumou nem bebeu, e acredita que isso tenha influenciado para estar na condição em que se encontra. Tirando um probleminha na coluna, diz que se sente muito bem.

''Cem anos não é qualquer um que completa, é pesado'' reflete ela, dizendo que se sente realizada, pois não deixa de fazer seus passeios e olhar as vitrines, ''adoro, satisfaz os olhos''.

Para quem desperdiça a vida ela deixa uma mensagem: cuidar da saúde, e principalmente evitar drogas e álcool.


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais

  • Dorilda Machado da Silva

  • Natural de Não-Me-Toque, ela mora há mais de 50 anos em Carazinho

  • Aniversariante está completando 100 anos neste dia 14 de fevereiro

  • Com os companheiros, os gatos Alemão e Pretinho

  • Dorilda cuida com muito carinho de suas plantas e animais de estimação