Geral

Decisão judicial fecha acesso da Antônio José Barlette em Carazinho

Jornalista Gazeta
Janeiro 20 / 2020

A prefeitura de Carazinho teve que cumprir uma determinação judicial na questão travada na justiça sobre a abertura da via pública que liga a avenida Flores da Cunha aos bairros Loeff, Medianeira e Braganholo.

Nesta segunda-feira (20) o trecho da Antônio José Barlete com a Silva Jardim está fechado com cavaletes e obstáculos de cimento no asfalto, o que surpreendeu os motoristas. Ali, no passado, havia um trecho dos trilhos.

Em entrevista para a Rádio Gazeta nesta manhã o secretário de Desenvolvimento, Dêninson Pauleto da Costa disse que o motivo do fechamento foi a ordem judicial. ''Essa é uma batalha judicial com a Rumo (antiga Rede Ferroviária), desde que foi aberta, sem autorização da Rumo, e uma batalha judicial se arrasta por muitos anos''.

Segundo ele não há previsão de quando o trecho poderá ser reaberto mas isso está sendo buscado pelo setor jurídico do município. ''Fechar não é vontade do governo, da mobilidade urbana, é uma artéria muito importante para o trânsito, esperamos nos próximos dias ter uma resposta do jurídico para dizer se poderá abrir,  por enquanto fica interditada''.


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais