Geral

Agentes da Polícia Civil de Carazinho aderem à paralisação contra o Governo Estadual

Jornalista Gazeta
Novembro 13 / 2019

Nesta quarta e quinta-feira, dias 13 e 14 de novembro, os agentes da polícia civil de Carazinho estão aderindo à paralisação convocada pela UGEIRM, sindicato que os representa. Um ato foi feito nesta manhã em frente à Delegacia de Polícia da cidade.

A paralisação tem como objetivo marcar o 45º dia de atraso dos salários de setembro e também relembrar a população que, apesar de estarem enfrentando o parcelamento de salário há cerca de quatro anos, os índices de criminalidade vem diminuindo vertiginosamente no estado e em Carazinho.

Nestes dois dias de paralisação, a comunidade poderá colaborar com os agentes que estão realizando a coleta de alimentos não perecíveis para posterior entrega a entidades do município. O ponto de coleta será na DPPA.

Neste período estão sendo registrados somente fatos graves (medidas protetivas, ocorrências envolvendo crianças vítimas, homicídios, furto/roubo de veículos, estupros e a confecção de ocorrências de eventuais prisões efetuadas).



Compartilhe esta notícia em suas redes sociais