Polícia

Plantão Policial: Disparos de arma de fogo, embriaguez ao volante e recuperação de veículo são registrados na DP

Jornalista Gazeta
Agosto 18 / 2019

Disparo de arma de fogo

Um morador da rua Jeferson Pacheco no bairro oriental procurou o plantão da Delegacia de Polícia de Carazinho para informar que na noite de sexta-feira (16) estava em frente a sua residência quando passou um indivíduo correndo em direção a um mato próximo, logo depois chegou um veículo de cor prata, com mais de um elemento, sendo que um deles falou que o homem que passou correndo havia se escondido em sua casa. A vítima negou e nisso um dos ocupantes do carro sem descer do mesmo efetuou vários disparos em direção a sua residência, o mesmo ainda ameaçou que iria colocar fogo em sua casa. Que o acusado falou que iria buscar outra pessoa e voltaria ao local, a vítima teve um ferimento de raspão no peito, não sabendo explicar como, pois afirmou ter problemas de esquecimento, os vizinhos informaram que os autores dos disparos estariam em um veículo Renault Clio de cor prata, não foi localizado vestígios de disparos de arma de fogo na residência da vítima.  

Furto arrombamento em estabelecimento comercial

O proprietário de um estabelecimento comercial localizado na avenida Flores da Cunha, ao chegar para trabalhar no sábado (18), notou que a porta do local havia sido arrombada, ele informou que tem uma porta de ferro com corrente e cadeado, que foi arrombado, que logo após abriram a porta de vidro do interior da loja foi levado uma balança da marca feizzola, um óculos de sol feminino e uma quantia de aproximadamente quarenta reais em dinheiro ninguém nas proximidades percebeu a movimentação, disse que irá averiguar a existência de imagens de lojas da região.

Desobediência

Na noite de sábado por volta das 21h uma guarnição da Brigada Militar abordaram nas imediações de um restaurante as margens da BR 386 no KM 180, um indivíduo identificado como Seneval Vidal de 36 anos, que estava em cumprimento de prisão domiciliar deferido pela comarca de Passo Fundo e que ao verificar a situação do mesmo o conduziram a Delegacia de Polícia. Indagado sobre o fato o homem informou que era conhecedor do descumprimento das condições impostas de cumprimento da pena, ele ainda informou que já estava em Carazinho a três dias e que havia deixado a internação na clínica de reabilitação em Passo Fundo. Também disse que atualmente vivia como morador de rua sem endereço fixo.

Roubo de veículo

Um homem procurou a Delegacia de Polícia de Carazinho para informar o roubo do seu carro um GM/Kadett placas IDY-8182 de Carazinho, ele informou que na madrugada de sábado estava em um bar na rua Santos Dumont no bairro Glória sendo que por volta das 04h da madrugada saiu do local e ao chegar no veículo o qual estava estacionado em via pública, foi surpreendido por dois homens, sendo que um deles estava armado com uma faca, os quais lhe puxaram para trás no momento em que entrava no carro onde ambos entraram no veículo e arrancaram em direção do bairro glória que o veículo não possui seguro e que não conseguiu ver as características dos meliantes, tendo em vista a ação ser muito rápida, que também não percebeu onde eles estavam no momento em que se aproximaram dele. No interior do carro ficou as chaves da sua residência.

Recuperação de veículo

Uma guarnição da Brigada Militar na manhã de sábado foi deslocada pela sala de operações da BM, para verificar um possível abandono de carro em via pública no bairro Hípica/Vila Nova, que no local encontraram o veículo, o qual constava como roubado na madrugada do mesmo dia no bairro Glória. Foi acionado o serviço de guincho e o carro apresentado no plantão da DP. O veículo estava aberto e com as chaves na ignição.

Embriaguez

Agentes do departamento de trânsito de Carazinho compareceram ao plantão da DP na manhã de sábado, para informar um caso de embriaguez ao volante, eles estavam realizado blitz educativa na Avenida São Bento em frente ao antigo Senai, quando foi abordado um Ford/KA e sua condutora convidada  a realizar o teste do bafômetro que no primeiro teste o resultado de 0,54 MG/L,  de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, no segundo teste meia hora depois também teve o mesmo resultado motivo pelo qual a mesma recebeu voz de prisão em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante que o veículo estava com a documentação em dia sendo liberado a condutor habilitado. O Delegado de plantão arbitrou fiança de um mil e quinhentos reais.

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais