Política

PLC 02/19 tem novo pedido de vista na Câmara de Vereadores

Jornalista Gazeta
Agosto 12 / 2019

Somente uma matéria estava prevista para ir à votação na noite desta segunda-feira (12) na sessão da Câmara de Vereadores. 

Tratava-se do PLC 02/19, de autoria do Executivo Municipal, que pretende alterar a Lei Complementar nº 07/90, permitindo que os servidores públicos municipais efetivos, que já estiverem estáveis, com jornada de 35 ou 40 horas semanais, possam requerer a redução da jornada de trabalho em 50%, por tempo indeterminado. 

A proposta prevê que isso só possa acontecer por conveniência da Administração Municipal e com remuneração proporcional desde que os profissionais estejam lotados em setores onde a demanda de trabalho é pequena. 

A Comissão de Interesses Difusos e Coletivos emitiu parecer desfavorável levando em consideração aos possíveis impactos da alteração, principalmente, previdenciário. O próprio PreviCarazinho posicionou-se contrário à matéria em manifestação solicitada pela Casa Legislativa. 

Na semana passada, os vereadores questionaram a proposição preocupando-se, principalmente, com a possibilidade de ocasionar falta de funcionários, falta de critérios para permitir o benefício e o impacto previdenciário, e, por isso, teve pedido de vista do vereador Tenente Costa, a fim de aprofundar a análise.  

A matéria deveria ter isso à votação, porém, o vereador Fábio Zanetti, solicitou novo pedido de vista. O plenário acatou por maioria e proposição deve retornar a discussão na próxima semana.



(Fonte e Foto: Ascom/Legislativo)



Compartilhe esta notícia em suas redes sociais