Saúde

Novo caso de meningite é confirmado em São Leopoldo

Jornalista Gazeta
Abril 02 / 2019

Com mais um caso de meningite neste ano, confirmado na tarde desta segunda-feira, autoridades de São Leopoldo estão tomando medidas de prevenção e de orientação aos moradores. A paciente, de 13 anos, foi encaminhada ao Hospital Centenário na manhã do último sábado. Segundo a direção da casa de saúde, houve a investigação da doença e, tendo em vista a necessidade de internação em UTI Pediátrica, a adolescente foi transferida no mesmo dia para o Hospital Regina de Novo Hamburgo, onde permanece em estado regular, recebendo agora tratamento para meningite tipo C.

Segundo o secretário de Saúde de São Leopoldo, Ricardo Charão, para esse tipo da doença existe vacina. ?A menina não tomou a vacina, mesmo sendo disponibilizada na rede do Sistema Único de Saúde e para a faixa etária dela?, diz. O primeiro caso confirmado neste ano, de meningite B, foi em uma menina de 2 anos, que morreu após dar entrada no Hospital Centenário, no dia 15 de março.

Em coletiva ontem, o prefeito Ary Vanazzi, afirmou que não há surto na cidade, ao contrário das informações falsas que preocupam a população, pelas redes sociais. ?Está se criando um alarde por algo que não existe?, afirmou, destacando que a secretaria fez um pedido de compra de vacinas para a doença, caso seja necessário, mas que elas não serão distribuídas neste primeiro momento. ?Porque não há surto. Os casos são isolados e de tipos diferentes da doença. Porém, os pais devem respeitar o calendário de vacinação para os filhos.? 

Também nesta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde fez contato com a 2ª Coordenadoria Regional de Educação e com a direção da escola que a jovem frequenta, para as devidas ações em razão da confirmação do caso. Entre as medidas já adotadas está a distribuição de medicamentos que previnem e imunizam o contágio em quem teve contato com a menina. Segundo dados da pasta de São Leopoldo, a cidade registrou outros 13 casos de meningite entre os anos de 2012 e 2018.

Fonte: Correio do Povo. 

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais