Geral

Programa Carazinho Mais Sustentável quer envolver e conscientizar a comunidade

Jornalista Gazeta
Fevereiro 11 / 2019

Na manhã desta segunda-feira (11), aconteceu no gabinete do prefeito Milton Schmitz, o lançamento do Programa Carazinho Mais Sustentável, que tem o objetivo principal de promover a mudança de ação e pensamento da população carazinhense, relacionado às questões ambientais, especialmente dentro da sustentabilidade, envolvendo os resíduos sólidos e limpeza urbana, consumismo, respeito pela natureza e pela cidade em si.

Além disso, o programa visa também desenvolver a postura crítica construtiva da comunidade com base no conhecimento formado por ações pontuais do executivo, dentro dos eixos da sustentabilidade, bem como mobilizar comunidade carazinhense para que busque a informação relativa aos mais diversos temas ambientais, e também proporcionar a formação de cidadãos conscientes de sua responsabilidade ambiental, construindo uma quebra de paradigmas negativos em relação à sustentabilidade, dentre outros.

Na ocasião do lançamento, o programa foi apresentado aos secretários municipais, representantes das escolas municipais, estaduais e particulares, universidades, setores ligados à saúde, meio ambiente e imprensa. Conforme o prefeito Milton Schmitz, esse programa é de extrema importância já que a partir dele haverá uma reeducação ambiental no município.

Para a diretora do Departamento Municipal de Meio Ambiente (DEMA), Camila Hüning, o programa Carazinho Mais Sustentável será de muitos resultados positivos, já que além das secretarias que irão se envolver na prática, o programa também conta com apoio da imprensa, dos poderes públicos e da comunidade de uma forma geral. ''Atualmente, aqui em Carazinho, com uma população de aproximadamente 65 mil habitantes, geramos 12 mil toneladas de resíduos por ano. Precisamos diminuir esse número de forma considerável, e para isso, contamos com o apoio de todos. A mudança começa por nós'', finalizou.

A UPA, parceira do Município nesse programa, vai disponibilizar Ecopontos de Medicamentos que serão distribuídos em diversos locais.

Lixo não é coletado separadamente

Apesar do projeto o prefeito admitiu em entrevista para a Rádio Gazeta que o lixo na cidade não é coletado separadamente. Ou seja, o lixo reaproveitável e o não reaproveitável são levados pelo mesmo caminhão e para o mesmo lugar.

''Estamos engatinhando nesse tipo de coisa, tenho escutado bastante críticas nisso, e o chapéu serve, pois é uma verdade, temos dois caminhões para tombamento do container seletivo e o orgânico. Via de regra, semana sim, semana não, temos os dois, ou os dois acabam quebrando e utilizam peça do caminhão que lava os containeres. Estamos com dificuldade com esses caminhões, mas com o financiamento aprovado a prefeitura comprará mais um caminhão novo, zero quilômetro, e com os três, e mais containeres, vamos conseguir tombar melhor (dar mais agilidade à coleta). E precisa ser feita uma reforma nos dois caminhões, tem de 8 a 9 anos de uso, nunca receberam uma reforma preventiva adequada, sempre corretiva, gambiarra de certa forma, então, o container azul serve de depósito temporário para os catadores acessarem e retirarem o lixo reaproveitável, são colocados ali os produtos recicláveis, o que representam aproximadamente 200 ecopontos para a coleta seletiva, os catadores vem, retiram o que interessa, e tombaremos apenas uma vez por semana, vai para o mesmo destino, mas a semana toda os catadores vão recolhendo, são muitas pessoas envolvidas na separação do lixo que pode ser reaproveitável, é a subsistência de muitas famílias''.

A diretora do Meio Ambiente disse que mesmo que a coleta leve tudo para o mesmo lugar isso não quer dizer que a comunidade não deva fazer a separação em sua residência ou trabalho, pois reforçou essa participação dos catadores em reaproveitar o lixo. ''Tem catadores, recicladores, que passam antes do caminhão, e na empresa onde o resíduo é destinado eles fazem a separação, isso não é empecilho para que as pessoas separem o lixo e ajuda a ter a consciência tranquila quanto ao que é feito com o lixo''.

Cortesia e contatos

Ao final do lançamento do programa foi servido aos presentes no gabinete suco natural oferecido pelo Granola's.

As ações de desenvolvimento do programa devem iniciar nos próximos dias. Mais informações podem ser obtidas no DEMA. Telefone: (54) 3330-1459.


(Com informações Ascom Prefeitura de Carazinho. Fotos Grupo Gazeta / Ana Maria Leal).


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais