Política

Moro apresenta a governadores e secretários projeto de lei Anticrime

Jornalista Gazeta
Fevereiro 04 / 2019


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, reúne-se nesta segunda-feira, em Brasília, com governadores e secretários de Segurança Pública para apresentar o projeto de lei Anticrime que será enviado Congresso Nacional. Segundo ele, a sociedade também deve demandar ao governo suas necessidades. "É um desejo do brasileiro que ele possa viver um país mais seguro", disse Moro na sua conta no Twitter.

Nas redes sociais, o ministro detalhou que a proposta considera que o crime organizado alimenta a corrupção e o tráfico de drogas e assim simultaneamente. "É um projeto simples e com impacto para enfrentar esses três problemas", ressaltou o ministro.

Em ocasiões anteriores, Moro disse ser favorável à proibição de progressão de regime prisional quando houver prova de ligação do preso com organizações criminosas. Também defendeu mais rigor para os condenados por peculato e prisão após segunda instância, o que ocorre atualmente por causa de um entendimento que há no Supremo Tribunal Federal (STF).

No último dia 23, o governo federal anunciou 35 metas, consideradas prioritárias, para os primeiros 100 dias de gestão. O envio do projeto Anticrime foi a meta escolhida por Moro, sob o argumento de que vai aumentar a eficácia no combate à corrupção, crimes violentos e crime organizado, além de reduzir pontos de estrangulamento do sistema de Justiça Criminal.




Fonte: Guaiba






Compartilhe esta notícia em suas redes sociais