Política

Deputado Paulo Pimenta (PT) é acusado de operar esquema de fraude em São Borja

Jornalista Gazeta
Janeiro 28 / 2019

O deputado petista Paulo Pimenta é investigado por estelionato no Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2012. O caso envolve uma arrozeira que o deputado tinha em São Borja. A reportagem a respeito foi divulgada pela RBS TV, que foi até a cidade de São Francisco de Assis, onde um primo de Paulo Pimenta, usado como laranja, o veterinário Antonio Mário Pimenta, admitiu ligações do primo com a empresa. Disse ter assumido a arrozeira ao ser convencido pelo deputado, os negócios não foram bem, causando prejuízos a uma dezena de produtores da região, que se sentiram fraudados. O esquema teria a participação de Hideraldo Caron, afilhado político de Pimenta e que deixou o governo de Dilma Rousseff, em 2011, por suspeitas de corrupção.



Compartilhe esta notícia em suas redes sociais