Política

Balanço do desperdício: cartões corporativos custaram R$52 milhões ao governo federal

Jornalista Gazeta
Janeiro 10 / 2019

A conta dos cartões de pagamento do governo federal, os famosos cartões corporativos, custaram R$ 52,2 milhões ao contribuinte brasileiro em 2018. O valor está longe do recorde histórico de gastos, atingido pelo governo do petista Lula em 2010, com mais de R$ 80 milhões, mas representa uma média de gastos anual de quase R$ 9 mil para cada um dos 5.833 portadores de cartão corporativo do governo.  As informações são do colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder. Existem dois tipos diferentes de cartões, além do CPGF. Um para emergências de Defesa Civil e outro para Compras Centralizadas. No total, cartões de crédito do governo federal custaram mais de R$ 235,2 milhões.



Compartilhe esta notícia em suas redes sociais