Geral

Entidades divulgam projetos de Carazinho na campanha de destinação do Imposto de Renda

Jornalista Gazeta
Dezembro 06 / 2018

Durante toda esta semana a programação da Rádio Gazeta AM dá espaço às entidades inscritas com projetos no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdicacar) para que divulguem suas ações e busquem informar quem tem Imposto de Renda a declarar que aproveite o prazo até o final deste ano e façam a destinação para os projetos da cidade.

A campanha ''Juntos pela criança e o adolescente'' não pede uma doação, mas uma destinação, e tanto a pessoa jurídica quanto a pessoa física podem destinar, basta consultar seu contador e dizer que quer participar.

Na terça-feira Darci Guimarães, do Centro de Convivência Esportiva e Cultural da Criança e do Adolescente Trianon, e o irmão Edgar Back, da Associação Servos da Caridade Patronato Santo Antônio, participaram do programa Lado a Lado Com a Notícia para divulgar suas ações e pedir o apoio pois há condições de ficar em Carazinho um montante de quase R$ 1 milhão dessa destinação do IR, mas muito menos tem sido direcionado para a campanha.

A sede do Trianon fica na rua Guilherme Becon 33, em frente a secretaria municipal de Obras, no bairro Vila Rica, existe há 37 anos, e trabalha com meninas e meninos de 5 a 17 anos de idade. As atividades também ocorrem no ginásio da Uacc. Com os recursos da campanha do Imposto de Renda o projeto tem condições de ser mantido e abranger mais crianças e adolescentes.

No Patronato Santo Antônio, o objetivo é proporcionar a partir dos recursos que poderão ser destinados nesta campanha atividade de uma escolinha de voleibol para os alunos. Há 68 anos o Patronato atua no atendimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social ou risco. Atualmente desenvolve atividades de serviço de convivência e fortalecimento de vínculos através de oficina de padaria, teatro, violão e escolinha de futebol, e ainda dispõe de atendimento psicossocial ao público e suas famílias.

Para destinar à campanha, basta avisar seu contador. Pessoa física pode destinar 6% do imposto devido, e pessoa jurídica, 1%.

Não se trata de uma doação, mas de uma destinação. Ao conversar com seu contador informe dados abaixo referente às entidades e respectivos números da conta bancária:


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais