Geral

Mutirão em Carazinho atende moradores de rua em razão do inverno rigoroso

Jornalista Gazeta
Julho 12 / 2018

A noite fria de quarta-feira (11) foi uma das motivações para a equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), secretaria municipal de Assistência Social (SMAS), Defesa Civil e o Centro de Tratamento a Dependentes Químicos de Carazinho (CETRAT) promoverem uma abordagem a moradores de rua que enfrentam noites geladas com poucos recursos para se proteger do frio.

Os técnicos foram divididos em grupos de três, mapeando os casos em áreas específicas de permanência dessas pessoas no município. De acordo com o CREAS, foram localizados oito cidadãos em situação de rua, todos com moradia em Carazinho, vivendo na rua devido à dependência química.

Foi oferecido pela equipe o tratamento necessário aos dependentes e, para tornar a rotina do frio um pouco menos difícil, doados cobertores, lanche e um café quentinho. Ao longo do inverno, mais mutirões irão acontecer, a fim de acolher e tornar a vida das pessoas que vivem na rua um pouco mais suportável.


(Fonte: Ascom Prefeitura de Carazinho).

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais