Polícia

Violência no Trânsito: pelo menos 10 pessoas morreram nas rodovias do estado no final de semana

Marcelo Toledo
Junho 10 / 2018

Ao menos 10 pessoas morreram e três ficaram feridas em acidentes de trânsito em estradas do Rio Grande do Sul neste final de semana. Foram quatro colisões que aconteceram em intervalo de oito horas em rodovias federais e estaduais de quatro regiões do Estado.

Um dos acidentes mais graves foi na BR 386, em São José do Herval, por volta das 22h40min de ontem. Três pessoas morreram e duas ficaram gravemente feridas em uma colisão frontal entre um Volkswagen Bora, de Pouso Novo, e um Volkswagen Gol, de Carazinho.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Bora deslocava-se sentido interior-Capital, quando o motorista teria perdido o controle do veículo, derrapando e girando o carro, que acabou invadindo a faixa contrária e colidindo contra o Gol no km 275 da rodovia. Os dois veículos ficaram sobre a pista.

Os ocupantes do Bora teriam participado de um jogo de futebol em Fontoura Xavier e retornavam para São José do Herval e Pouso Novo no momento do acidente. O motorista, de 36 anos, e o filho dele, de 15, não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Os dois moravam em Pouso Novo e não tiveram a identidade revelada pela PRF. Já um dos ocupantes, um homem, de 35, morador de São José do Herval, chegou a ser socorrido e faleceu no hospital. Outro passageiro, de 33, segue internado no Hospital de Soledade.

O condutor do Gol, de 46 anos, retornava do trabalho para Carazinho, onde mora, quando ocorreu a colisão. Ele ficou ferido e foi socorrido ao Hospital de Soledade pela ambulância da Secretaria da Saúde de São José do Herval.

Arroio Grande

Já na BR 116, em Arroio Grande, na zona Sul do Estado, dois jovens morreram após um Pegeout 307 colidir contra a defensa da ponte de Arroio Grande no km 613 da rodovia. As vítimas são o condutor do carro, um homem, de 21 anos, de Arroio Grande, que morreu no local. E uma mulher, de 25, natural de Jaguarão. Ela foi socorrida para o hospital de Arroio Grande, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a PRF, ainda não foi possível determinar a causa do acidente, mas devido à gravidade e ao cenário apresentado, ?tudo indica que uma das causas pode ser a velocidade incompatível com o limite da rodovia?.

Ijuí

Na região do Planalto, em Ijuí, um acidente envolvendo uma motocicleta deixou duas pessoas mortas por volta das 19h de sábado. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Adriano Barbosa Soares, de 28 anos, foi atropelado por uma moto no km 4 da ERS 155 e morreu no local.

Já o motociclista Maiquel Jeferson Oling, de 34, que transitava sentido Santo Augusto-Ijuí, chegou a ser socorrido para o Hospital de Caridade de Ijuí, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada deste domingo.

São Francisco de Paula

Em São Francisco de Paula, na Serra gaúcha, um homem morreu após um caminhão capotar na ERS 486, a Rota do Sol, às 14h48min. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Amaro Jorge Ribeiro de Sousa Júnior, do Rio de Janeiro, teria perdido o controle do veículo no km 0 da rodovia, logo após uma curva. O Ford Cargo saiu da pista e capotou e Júnior morreu no local. Já o passageiro ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital de São Francisco de Paula pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Tapera.

Um atroplemanto registrado por volta das três horas da manhã deste domingo, 10, no quilômetro 146 da ERS 332, na comunidade de Vila Raspa em Tapera, vitimou o Espumosense de João Carlos dos Santos, de 53 anos.

Béio, como era conhecido e carinhosamente chamado pelos tradicionalista da cidade, em Especial do Sepé Tiarajú, sua entidade do coração, foi atropelado por um veículo quando caminhava pela via durante a madrugada.

Ele foi socorrido pelo Samu e encaminhado ao Hospital Notre Dame São Sebastião, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da manhã.

O corpo deverá ser velado na sede do Grupo de Artes Nativas Sepé Tiarajú.

No início da manhã deste domingo (10), foi registrado um atropelamento com morte na ERS 467, rodovia que liga Tapejara-Ibiaçá, no trecho entre as comunidades de Navegantes e Araçá Alto.

Ibiaçá.

De acordo com o relato policial, por volta das 06h30 min, uma caminhonete Toyota Hilux, com placas de Ibiaçá seguia no sentido Tapejara/Ibiaçá, quando ocorreu o atropelamento da mulher de 60 anos que caminhava com sua filha em direção ao Santuário Nossa Senhora Consoladora em Ibiaçá onde iriam participar da missa deste domingo.

Com o impacto da colisão, a mulher que foi colhida pelas costas foi arremessada vários metros e morreu no local. Segundo relatou a filha da vítima, ela caminhava um pouco à frente de sua mãe e por pouco as duas não foram atropeladas.

O condutor da Hilux, Vinicius Panisson de 20 anos foi encaminhado para a Fundação Hospitalar de Ibiaçá em estado de choque.

A vítima fatal foi identificada como Gessi Favretto, de 60 anos, moradora de Tapejara. Gessi completaria 61 anos no próximo dia 31 de julho.

A ocorrência foi atendida pelos socorristas do SAMU, Bombeiros Voluntários de Tapejara, Brigada Militar de Sananduva, Polícia Rodoviária de Casca e Polícia Civil de Lagoa Vermelha.

O corpo deverá ser encaminhado para necropsia no Posto Médico Legal de Passo Fundo e depois liberado para os atos fúnebres.

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais