Economia

Governo do RS quita salário de funcionários das fundações nesta segunda-feira

Jornalista Gazeta
Junho 03 / 2018

O governo do Rio Grande do Sul confirmou para esta segunda-feira o pagamento integral dos salários de maio para os funcionários vinculados às fundações. O valor a ser pago chega a R$ 25 milhões para os 5,2 mil contratos do tipo. Os demais servidores do Poder Executivo começaram a ser pagos na última quarta-feira, quando foram quitados os salários para quem ganha até R$ 3,5 mil líquidos. Para atender a 226 mil matrículas, foram necessários R$ 426,3 milhões em caixa. 

Também foi depositada no mesmo dia a quinta parcela já corrigida do 13º salário de 2017 para todos os vínculos (R$ 118 milhões), assim como a indenização pelos dias de atraso dos vencimentos de abril (R$ 500 mil). A quitação integral está prevista para acontecer até o dia 13 de junho, sempre de acordo com o comportamento da arrecadação.

 

Fundações em extinção: 

Na semana passada, o Diário Oficial do Estado publicou extinção de duas fundações vinculadas ao Poder Executivo: a Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec) e a Fundação Piratini, gestora da TVE e da FM Cultura. Os decretos de números 54.089 e 54.088 foram assinados pelo governador José Ivo Sartori.

Todos os 165 servidores da Fundação Piratini foram transferidos, a contar de ontem, para um quadro especial da Secretaria de Comunicação (Secom). Já a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) sucede a Cientec e recebe os servidores, igualmente em quadro especial.

Os funcionários de ambas as fundações poderão ser relocados para órgãos da administração direta do Poder Executivo do Estado, desde que em funções compatíveis com os cargos de origem. Como foram contratados como celetistas, os funcionários das fundações extintas seguem recebendo integralmente, no quinto dia útil do mês.




Fonte: Guaiba


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais