Saúde

HCC diz que por enquanto não teve necessidade de suspender nenhum procedimento

Emilio Arruda
Maio 25 / 2018

O Hospital de Caridade de Carazinho (HCC) emitiu uma nota esclarecendo como esta à situação da instituição de saúde devido às mobilizações que ocorrem em todo o país. Confira a nota encaminhada pelo administrador do HCC, Felipe Sohne.

''Até o momento o HCC não teve grandes prejuízos ou maiores transtornos em virtude da paralização dos caminhoneiros. Alguns medicamentos não foram entregues nas datas de ontem e hoje, em função de serem medicamentos que devem ser mantidos em temperaturas controladas, para procedimentos que estão agendados para a próxima semana. Normalmente esses medicamentos chegam ao hospital com certa antecedência, onde ficam armazenados, para, posteriormente, serem administrados nos pacientes. Por enquanto, não tivemos a necessidade de suspender nenhum procedimento, nós temos um estoque relativamente tranquilo, dentro da medida do aceitável, até o início da próxima semana. Estamos monitorando os estoques e a demanda dos serviços, e acreditamos que se houver a normalização durante o final de semana ou até início da semana que vem, não haverá maiores transtornos. Mas, caso essa liberação não aconteça, aí sim, muito provavelmente, a partir de terça ou quarta-feira, poderemos sofrer com algumas faltas ou, pelo menos, com estoques muito reduzidos.  Caso isso ocorra, vamos avaliar a necessidade de alguma suspensão de procedimentos ou outras medidas com relação aos serviços do hospital. Mas, até o momento, não foi necessária nenhuma dessas intervenções. Nós estamos, evidentemente, apoiando todo esse movimento, mas, estamos em alerta, monitorando, para que não haja prejuízo no atendimento de qualquer paciente''.


(Foto: Divulgação/ HCC)





Publicado por: Emilio Arruda E-mail: emilio@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais