Polícia

Carazinho: Operação Cupinxas resulta na prisão de 20 pessoas

Jornalista Gazeta
Março 09 / 2018

A Polícia Civil juntamente com a Brigada Militar realizam hoje (09) mais uma etapa da Operação Cupinxas em Carazinho. As prisões foram efetuadas na região do bairro Princesa e Oriental.

Início da operação

O setor de investigação deu início a operação no final do mês de Novembro de 2017, com a finalidade de investigar crimes de tráfico de drogas e alguns homicídios ocorridos nos últimos meses na cidade.

Em entrevista para a Rádio Gazeta AM, a delegada Rita de Carli, explicou que nas últimas semanas outras prisões ocorreram relacionadas à operação que culminou com 20 presos no total, sendo quatro somente hoje. ''Com uma das prisões de hoje, conseguimos elucidar um homicídio, de Robson Subtil, o último do ano de 2017'', disse a delegada.

A operação teve uma prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, dois foragidos e 17 prisões preventivas por crimes de homicídio, tráfico de drogas e roubos, além de mandados de busca e apreensão que foram feitos em Carazinho, Passo Fundo, Sarandi e Constantina.  No total, participaram 50 policiais civis e militares com o uso de 15 viaturas. 

Além das prisões, foram efetuadas as apreensões de 2 kg de cocaína, avaliados em R$ 100 mil, e uma caminhonete Blazer, um revólver calibre 38, com numeração raspada, munição de diversos calibres, espingarda e telefones celulares. 

Os presos foram recolhidos ao Presídio de Carazinho e não tiveram as identidades divulgadas.



Compartilhe esta notícia em suas redes sociais