Geral

Grupos estão organizando manifesto após morte de jovens trilheiros de Não-Me-Toque, em Carazinho

Jornalista Gazeta
Janeiro 13 / 2018

Após o fatídico fato ocorrido na tarde deste sábado, 13, em Carazinho, onde dois jovens foram mortes no que até agora está sendo tratado como ?Latrocínio?, quando Alexandre Soder, 28 anos e Carlos Henrique Hoppen, 22 anos, foram mortos a tiros enquanto praticavam trilha com suas motos junto ao Parque da Cidade, em Carazinho.

Abalados e inconformados com o fato, e cobrando ações em prol a segurança pública regional, grupos de amigos, familiares e companheiros de trilhas estão convidando a todos para um manifesto pacífico, neste domingo, dia 14 de janeiro, a partir das 13h.

O comunicado:

"Em função do ocorrido na tarde de 13/01 no Parque da Cidade de Carazinho, estamos em luto por nossos irmãos trilheiros.

Dessa forma ocorrerá na tarde do dia 14/01 (domingo) às 13h, uma carreata com saída do Posto do Baixinho.

TODOS estão convidados a participar desse momento de solidariedade e protesto. Convidem seus amigos motoqueiros ou não (motos de cidade ou trilha), objetivamos juntar o máximo de pessoas, para que o ocorrido não passe em branco."

Mais informações no decorrer deste domingo.


Foto: Facebook

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais