Geral

Feira de produtos e funcionamento do Cetrat em Carazinho são divulgados na Rádio Gazeta

Ana Maria Leal
Janeiro 12 / 2018

O Centro de Tratamento a Dependentes Químicos de Carazinho, o Cetrat, tem realizado periodicamente feiras para comercializar junto à comunidade itens produzidos pelos residentes, como são chamadas as pessoas atendidas no local. Uma dessas feiras será amanhã, sábado, das 07 da manhã até o meio-dia, no próprio Cetrat. Para divulgar as feiras e contar sobre como funciona o Cetrat estiveram no Lado a Lado Com a Notícia desta quinta-feira (11) o diretor Edilson Oliveira e a assistente social Débora Satre.

Conforme Débora, no Cetrat os residentes tem atividades terapêuticas com oficinas e no plano de laborterapia produzem nas oficinas de horta, padaria e artesanato. É essa produção que é colocada para comercialização uma vez por mês, podendo ser ampliada para duas vezes ao mês conforme a demanda e participação da comunidade.  ''Considero muito importante essa presença das pessoas na feira para a valorização do trabalho desses residentes, e é a oportunidade também de quem quiser conversar com os profissionais do Cetrat, estamos esperando a comunidade de forma muito especial. O Cetrat está de portas abertas esperando vocês''.

O Cetrat fica na rua Claudio Santos 101, bairro Vila Rica, atrás do parque de maquinas da prefeitura. A recomendação é que as pessoas cheguem cedo pois em outras feiras os produtos terminaram em pouco tempo.

O Cetrat

O Centro tem capacidade para 30 leitos com internações num sistema de comunidade terapêutica, e 10 vagas são atualmente custeadas com recursos públicos, mas devido ao alto custo está sendo buscado convênio com o governo do estado para custeio de mais 15. Além disso, entre essas 30, há 10 vagas sociais (para quem não tem condições de pagar pelo tratamento).

Para o acompanhamento às pessoas, famílias que tenham alguém com problemas e/ou em tratamento, o Cetrat tem grupos de trabalho com encontros na avenida Flores da Cunha, antigo prédio onde funcionava o Sesc, na quadra entre a Expedicionário Claudino Pinheiro e a Carlos Barbosa. Os encontros são abertos para todos os interessados, nas terças às 19h30min, e um novo grupo começa a funcionar na próxima semana, dia 17, às 18h, apenas com mulheres.

Para mais informações o telefone do diretor Edilson é (54) 9 9960 7156. 



Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais