Entretenimento

Cantata Natalina acontece em Carazinho neste sábado

Emilio Arruda
Novembro 24 / 2017

Poucos gestos são tão sensíveis e afetuosos quanto disponibilizar o espaço de um abraço para aconchegar um filho. Esse colo de mãe - capaz de aliviar dores, amenizar medos e transmitir segurança - é o lugar onde a vida se ajeita, pois é onde o amor prevalece e transborda. É, também, a representação imagética da ternura.

Personificada nas figuras de Maria e Jesus, ela inspirou a escolha do repertório que norteia a 11ª edição da Cantata Natalina - que será apresentada, neste sábado (25), em Carazinho. Afinal, não haveria Natal sem o ''sim'' de Maria, sem o amor da Virgem Mãe que deu vida ao filho de Deus.

Ao retratar essa relação de carinho e cuidado, o espetáculo, que inicia às 21h, pretende homenagear todos aqueles que responderam afirmativamente à vida, ao afeto e ao amor incondicional. Além disso, quer convidar os espectadores a olhar o mundo com o doce olhar materno, para que, assim, perpetuem a solidariedade, a fraternidade e a tolerância.

Para isso, mais de 400 artistas voluntários darão voz, movimento e emoção à narrativa, composta por 19 quadros artísticos. Além deles, pelo menos 200 pessoas atuarão nos bastidores do evento, cujo palco e arquibancada estão localizados em frente ao Colégio Notre Dame Aparecida.

Antes de ele ser iniciado, com o abrir das janelas iluminadas da instituição de ensino, o público poderá prestigiar a Banda Marcial do Colégio Notre Dame Aparecida. A pré-apresentação inicia às 20h.



(Foto: Divulgação/ Aline Schuster)


Publicado por: Emilio Arruda E-mail: emilio@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais