Expodireto

História da soja é resgatada durante a Expodireto Cotrijal

Ana Maria Leal
Março 10 / 2017

O Recanto Temático, espaço organizado pela Emater/RS-Ascar, no Parque da Expodireto Cotrijal, trabalha a cada ano um tema de importância para o produtor rural. Nesta edição, quem passa pelo circuito acompanha a "História dos 100 anos da Soja no Brasil". Uma viagem ao passado, presente e futuro, que retrata, em 26 cenários diferentes, a chegada do grão no Rio Grande do Sul e sua evolução.

A soja, hoje uma das principais culturas, começou a ser cultivada no Estado, em 1923, quando o pastor Albert Lehenbauer chegou em Santa Rosa. "A oleaginosa teve uma evolução muito grande de lá para cá. Passou de seis sacas por hectare para quase 80 sacas/ha. Toda essa trajetória está retratada no espaço", destacou Alessandro Davasac, coordenador do Recanto Temático.

O produtor rural de Lagoa dos Três Cantos, Lainir Fruhauf, que visita a Expodireto desde a primeira edição, foi um dos conferiu espaço. "Achei interessante. A gente fica comparando. Hoje está mais fácil plantar e colher'', disse ele, que tem a soja como a principal cultura na propriedade 

Conforme os organizadores, a expectativa é que mais de 50 mil pessoas passem pelo espaço e possam conhecer, ou até mesmo recordar essa história que fez parte da vida de muitos agricultores.

Safra Soja 2015/16 - Este avanço tem reflexo na produtividade conquistada na última safra. Conforme dados da Emater, no Brasil a área ocupada com soja em 2015/16 foi de 33,25 milhões de hectares o que resultou em uma produção de 95,43 milhões de toneladas do grão. Já no Rio Grande do Sul foram destinados 5,26 milhões de hectares com uma produção de 16,2 milhões de toneladas de soja.

Com informações e foto Ascom Cotrijal.






Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais