Política

Novo site "Não Me Trova" esclarece dúvidas sobre o governo

Jornalista Gazeta
Dezembro 07 / 2016

O governo não combate a sonegação? O governador Sartori e os secretários também recebem o salário parcelado? O Zoológico de Sapucaia e o Jardim Botânico vão fechar? O governo tem dinheiro e parcela o salário por gosto? Acabar com os CCs resolve as finanças do Estado? Para responder essas e outras perguntas, a Secretaria de Comunicação (Secom) do Governo do Estado criou o site naometrova.rs.gov.br.

A ideia é esclarecer boatos veiculados na internet, sobretudo nas redes sociais, e dúvidas levantadas pela mídia. "É mais um canal de interação, diálogo e esclarecimento entre o governo do Estado e as pessoas", afirma o secretário de Comunicação, Cleber Benvegnú. "É uma conversa simples e direta, sem rodeios. Além de disseminar verdades, queremos desfazer inverdades", acrescenta o secretário.

Para tanto, três etiquetas são utilizadas: É trova, Te liga e É fato. Elas qualificam todas as perguntas postadas na largada do site. A Secom pretende renovar os assuntos periodicamente, conforme estiverem em pauta nas redes sociais e na imprensa. 

O nome Não Me Trova foi escolhido por ser uma expressão amplamente usada pelos gaúchos. "Este site encurta caminhos e esclarece a verdade. Aqui, estão os assuntos que te deixam com a pulga atrás da orelha. O Não Me Trova fala de forma clara para que ninguém caia em conversa fiada", diz o texto oficial do site, na aba O que é.

"Transparência é uma marca central do governo Sartori. Não vamos fugir de assuntos duvidosos, que exigem esclarecimento", explica o secretário de Comunicação.

O layout foi desenvolvido pela Procergs pensando no uso nas redes sociais, em especial o compartilhamento do conteúdo com imagens leves e descontraídas. No site, há espaço para o visitante questionar o governo sobre alguma informação que esteja se propagando. "Não deixa que te passem a conversa, nem fica com a pulga atrás da orelha. Envia a tua dúvida. A gente responde", diz o texto.





Compartilhe esta notícia em suas redes sociais