Esporte

Fifa confirma Brasil e mais três países como candidatos a receber Copa feminina de 2023

Jornalista Gazeta
Dezembro 14 / 2019

Quatro países apresentaram candidaturas para sediar a próxima Copa do Mundo feminina, em 2023: Brasil, Colômbia, Japão e a candidatura conjunta entre Austrália e Nova Zelândia. O anúncio foi feito pela Fifa nesta sexta-feira.

"A Fifa colocará agora em prática um processo de avaliação, incluindo visitas de inspeção entre janeiro e fevereiro de 2020", explicou a entidade. A escolha da sede deverá ocorrer na reunião do Conselho da Fifa, no início de junho de 2020 em Addis Abeba, capital da Etiópia.

A entidade que rege o futebol no mundo confirmou nesta sexta-feira a ampliação de 24 para 32 seleções na próxima Copa feminina, num momento em que o futebol feminino vem ganhando popularidade.

Beira-Rio seria o estádio em Porto Alegre

Todos os estádios brasileiros tiveram jogos da Copa masculina, em 2014. A candidatura brasileira prevê oito sedes  incluindo Porto Alegre. As outras cidades citadas no documento da candidatura foram: Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. A abertura da Copa, segundo o documento, ocorreria em Brasília e a final, no Maracanã.

No cronograma, o Beira-Rio receberia jogos no dia de abertura, em 13 de julho, além de outras sete datas. A última partida prevista seria em 5 de agosto, uma das quartas de final. Na Copa de 2014, o estádio colorado recebeu cinco partidas. A última foi um confronto de oitavas de final. 

(Fonte: Correio do Povo).

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais