Coluna Circulando e a política atual.

CPI.

Ana Maria Leal
Abril 05/ 2021

Na última reunião da CPI da câmara de vereadores que investiga suspeita de irregularidades envolvendo construções em área da secretaria municipal de Obras de Carazinho, na semana passada, foi protocolado o pedido de afastamento de dois dos investigados das funções que desempenham no setor.

São eles o secretário Estevão De Loreno e o servidor Luis Fernando Cavalheiro.

O pedido de afastamento não precisou ser analisado e ter a aprovação dos três membros da CPI porque eles decidiram que cada um tem autonomia para dar andamento aos próprios pedidos, sob sua responsabilidade.

O presidente da CPI, vereador Márcio Guarapa, assina os documentos por formalidade.

Lembrando que a CPI ''sugerir'' o afastamento não significa que tal ocorra.

É uma decisão única do chefe do executivo, prefeito Milton.

Que, até onde se sabe, demonstra total confiança em seus subordinados e já informou, inclusive aos investigados, que não irá afastar ninguém.

Todos continuam trabalhando normalmente em seus setores.

O próximo encontro da CPI será nesta terça-feira, às 10h30, quando, a princípio, irão receber servidores para juntar um relatório que fizeram da área e tirar dúvidas a respeito do caso.




(Foto: site câmara de vereadores).




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais