Coluna Circulando e a política atual.

Possibilidade.

Ana Maria Leal
Fevereiro 23/ 2021

Os partidos que daqui a poucos meses vão substituir - ou não - os nomes em suas executivas e diretórios a partir de 2021 estão, internamente, listando quem poderá assumir esses comandos.

Eu soube que no Progressistas existe quem aposte no nome de Giovana Ceconello para a presidência.

Na sigla há muitos anos, a advogada é vista como alguém bastante confiável e que demonstrou fidelidade partidária nos momentos mais difíceis dos últimos anos, agindo de forma discreta mas ao mesmo tempo garantindo o espaço feminino no meio político.

Dizem que conquistou respeito para imprimir força a essa indicação, e representa a renovação que muitos correligionários esperam no partido.

Se realmente decidir por concorrer, - ela não me confirmou essa possibilidade - é natural que surja mais algum nome e a disputa seja no voto.

Até lá, o Progressistas é o primeiro dos partidos neste ano em Carazinho que surge com a chance de alçar uma mulher à condição de presidente.  

 



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais