Coluna Circulando e a política atual.

Para onde irão os petebistas?

Ana Maria Leal
Fevereiro 17/ 2021

Perguntei ao presidente do PTB em Carazinho, Wilson Moreira, sobre como o partido na cidade está acompanhando a notícia da dívida milionária do partido no RS que pode causar uma troca de partido em breve, deixando a sigla praticamente sem filiados e condições de seguir em frente.

A informação sobre a dívida foi divulgada pela jornalista Rosane de Oliveira na ZH desta terça-feira (16).

Segundo sua coluna, é perto de R$ 4 milhões, teve origem nas eleições de 2014, quando houve a desaprovação de contas do partido pela justiça eleitoral. Detalhando o assunto, a colunista informou que ''o dinheiro doado ao PTB por pessoas em cargos em comissão foi repassado aos candidatos sem a identificação dos doadores originais''. 

De lá para cá, a dívida que era inicialmente de 1,6 milhão só aumentou.

O PTB RS espera agora que o diretório nacional assuma esse montante.

O PTB nacional já teria respondido que não.

O PTB RS insiste, e tem nesta semana novas tratativas a respeito.

Sem essa quitação fica comprometida a participação petebista nas eleições do ano que vem.

Isso significa que muitos, deputados, prefeitos, vereadores, bem como integrantes do diretório estadual, cogitam debandar.

Siglas como Podemos e Republicanos são algumas com quem já ocorrem conversas.





Compartilhe esta coluna em suas redes sociais