Português e Literatura

Retomando o uso do sinal da CRASE

Maria Solange
Fevereiro 15/ 2021

ATENÇÃO! Se estiver em dúvida, NÃO use o sinal da crase. Porque fica melhor não usar, caso precise, do que usar quando não é necessário. O erro não chama tanto a atenção, passa despercebido.

            Lembre-se de que crase não é acento, é uma contração da preposição “A” com o artigo definido feminino “A” – “AS”. Daí o motivo de se usar a crase apenas diante de palavra feminina. Entretanto, nem sempre haverá. E agora, como fazer? Simplesmente, substitui-se a palavra feminina por uma masculina. Se aparecer “AO”, irá crase. Se aparecer “O” ou permanecer o “A” , não haverá crase. Exemplos:

            1-> Refiro-me à garota do mercado – Refiro-me ao garoto do mercado. Iremos à missa das dez – Iremos ao culto das dez. 

            2-> Encontrei a diretora no mercado – Encontrei o diretor no mercado. Os alunos fizeram a redação – Os alunos fizeram o texto. 

            3-> Aquela empresária candidatou-se a senadora – Aquele empresário candidatou-se a senador. O material foi entregue a todas as turmas – O material foi entregue a todos os grupos.


                           Casos em que NUNCA há crase:

1º-> Diante de palavra masculina. Ex.: Gosto de caminhar a pé. Escrevi a lápis.

2º-> Diante de verbo. Ex.: A partir de hoje, não haverá expediente. Começou a chorar.

3º-> Diante de pronomes pessoais. Ex.: Entreguei a ela o recado. Deram a mim o livro.

4º-> “A” diante de plural. Ex.: Não vou a festas de carnaval. Respondi a todas as questões.

5º-> Entre palavras repetidas. Ex.: Tomou o remédio gota a gota. Encontraram-se frente a frente. 

6º-> Diante de artigos indefinidos. Ex.: Ofereceu o poema a uma garota. Distribuiu os prêmios a um representante de cada entidade.

          No caso de HORAS, quase sempre haverá crase, a não ser quando vier antes uma preposição. Ou então, ao substituir por “meio-dia”, aparecer “AO” haverá crase; se aparecer “O”, não haverá. Ex.: Saiu às dez horas – Saiu ao meio-dia. Saiu após as dez horas – Saiu após o meio-dia. Estou te esperando desde as três horas – Estou te esperando desde o meio-dia.

         Quando nos referimos a nomes geográficos, faça o RETORNO. Se aparecer “DE”, não haverá crase; se aparecer “DA”, haverá. Ex.: Iremos a Passo Fundo – Voltaremos de Passo Fundo. Iremos à capital Brasília – Voltaremos da capital Brasília.

         Muito cuidado! Há situações em que o uso ou não uso do sinal da crase  muda totalmente o sentido da frase. Ex.: O garoto desenhou a mão – O garoto desenhou à mão. No 1º exemplo, o garoto fez o desenho da mão; no 2º exemplo, o garoto desenhou à mão livre. O carteiro bateu a porta – O carteiro bateu à porta. No 1º, O carteiro foi brusco e no 2º, o carteiro se fez  anunciar.




(Foto: Arquivo/Internet)



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais