Português e Literatura

A realidade vista sob um novo OLHAR

Maria Solange
Fevereiro 08/ 2021

Precisamos encarar os fatos que nos acontecem sob um outro aspecto, outro lado, outro olhar. Por quê? Simplesmente porque temos que entender o real sentido da palavra “olhar”, mas, antes disso, vamos explicar o sentido de outras palavras que, aparentemente, parecem ser sinônimas do verbo “olhar”. Atentemos para:

“ver” = desenvolver o órgão do sentido – visão – ou seja, você não é cego.

“enxergar” = perceber, ir além. Isso acontece quando você vê, mas não enxerga.

“olhar” = notar de uma outra maneira. Por exemplo, o título do livro de Érico Veríssimo – Olhai os lírios do campo – quer nos dizer que é para observar melhor, prestar mais atenção.

“fitar” = olhar fixamente, pregar os olhos em determinado ponto.

Então, “olhar” como sinônimo de “jeito” é observar mais atentamente o que está à nossa volta para depois emitir uma opinião ou tomar uma atitude. Muitas vezes, temos que parar o que estamos fazendo para observar o que está acontecendo em nosso dia a dia. Não podemos nos omitir, muito menos, ignorar. 

Quando me refiro ao “olhar” sob uma outra ótica, quero dizer que precisamos apreciar os espetáculos da natureza (o pôr-do-sol, o sol que nasce diariamente, a chuva que cai, o show das estrelas e da lua à noite, o cantar dos pássaros...),  as boas atitudes de algumas pessoas, e assim valorizá-las. Dar-lhes um sentido e espalhar à nossa volta. Alguns exemplos: quando ouvimos alguém elogiar o trabalho de um amigo e/ou colega, fazer chegar esse elogio até ele. Quando percebemos que uma instituição está ajudando os mais necessitados, divulguemos. Quando funcionários de lojas e mercados nos tratam bem e são educados, saibamos lhes agradecer. 

Se começarmos a “olhar” as pessoas e o mundo, de um modo diferente e mais sensível, a realidade será menos cruel, menos desanimadora. Vamos procurar ser pessoas que sabem encontrar o “lado bom da vida”, porque ele existe. Está em nós sabermos encontrar e valorizar. Fica a dica! Conto com você. Até mais! 



(Foto: Divulgação)




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais