Literatura e Português

2021 - Feliz Ano Novo

Maria Solange
Janeiro 07/ 2021

Eu, como professora de Literatura e apreciadora de Poesia, não poderia deixar de iniciar este ANO NOVO com um poema-acróstico para contagiar as pessoas com mensagem alto-astral e otimista. Ei-lo:

2021 - duas dezenas muito significativas no que se refere à idade dos jovens.


Fases da emancipação, da liberdade tão sonhada junto com grande expectativa. 

E agora, iniciando um novo ano, essa analogia veio ao encontro do que se espera:

Luz para iluminar os caminhos em busca de algo que o satisfaça e complete,

Irrigando sua fonte do saber, do bem-viver, da empatia, do amor ao próximo, e

Zelando pelos seus interesses, pela sua família, pelo seu trabalho.


Amor, muito amor dedicado às  pessoas com as quais  convive,

Nutrindo o coração apenas de sentimentos bons e que os frutifiquem.

Observar os pequenos detalhes para descobrir a sua essência.


Não deixe que nuvens espessas escureçam a sua mente, o seu olhar.

Olhe sempre para frente, pois lá, além do horizonte, estará o que procura. 

Vá atrás do seu projeto de vida, das suas metas, do que mais deseja.

Ore a Deus. Ele saberá guiá-lo para o lugar certo. Basta acreditar!

                            

Deposite esperança nas coisas que surgirem em sua vida

E confie com a certeza de que tudo ficará tudo bem.


Não do jeito que, talvez, você imagina, mas de um jeito muito melhor.

Organize-se dentro das possibilidades que aparecerem e não esqueça:

Viva intensamente o dia de hoje, o momento, sem pensar no amanhã.

Olhe-se no espelho e perceberá que VOCÊ é a pessoa mais importante.



(Foto: Reprodução)



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais